Como se trata de uma viagem prolongada e queremos eliminar possíveis riscos, fazer um check up básico ou cuidar do que não está saudável pareceu-nos obrigatório.

Ir ao dentista, ginecologista, fazer umas análises, são coisas importantes a fazer, para nós.

Ficar doente acontece em qualquer lado, mas uma dor de dentes pode ser evitada se formos cautelosos.

E por isso, a Marta encontra-se em recuperação após sacar não um, não dois mas três sisos em duas semanas. A divisa aqui não é sofrer para ficar bonita, mas sofrer para viajar bem.

O seguro também é outro ponto importante. Pensámos muito no assunto e se valeria ou não a pena. Pedimos propostas em várias seguradoras e a única que nos fazia seguro por um ano foi a que aceitamos. Normalmente têm uma extensão no máximo de até 90 dias.

Seguros destes são caros e no fundo a única vantagem é o repatriamento. Através de várias pesquisas conhecemos o Worldnomads, mas aí já falamos de outros valores (no fim de contas não tão diferentes).

Bem, esperemos que seja outra das coisas que não precisamos de fazer uso.

Com amor,

Marta & Bag

Ao som de John Lennon – Stand By Me

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *